Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Conceição Formiga pede apoio dos vereadores para instalação de um museu da memória

Conceição Formiga sugeriu aos vereadores, que nos conjuntos residenciais a serem inaugurados, que se colocassem nomes de mulheres pioneiras

   Imperatriz -   Professora, historiador
a, Maria da Conceição Medeiros Formiga esteve na manhã desta terça-feira (28), na Câmara Municipal pedindo apoio dos vereadores, no sentido de que os parlamentares aprovem uma lei, que proporcione a instalação de um museu da memória dos pioneiros de Imperatriz.

     “Nossa cidade não tem memória, nossos pioneiros ficaram no esquecimento e se não fizermos isso com urgência, daqui uns anos ninguém sabe que vocês passaram por essa casa, nem o que fizeram”, alertou Conceição Formiga. Na condição de titular da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, a secretária defende seu gênero.

     Conceição Formiga sugeriu aos vereadores, que nos conjuntos residenciais a serem inaugurados, que se colocassem nomes de mulheres pioneiras, as quais, ajudaram a cidade a se desenvolver. “Essas mulheres, ao lado de seus maridos, foram importantes cada uma delas dentro do seu setor de trabalho”.

     A secretária que mantém em sua casa um museu de terços e presépios, afirmou que seu grande sonho é poder doá-los, mas para isso é necessário que Imperatriz tenha seu próprio museu, com a história da cidade e seus pioneiros. “E esse museu deve ser instalado em uma casa antiga que poder ser o convento dos padres”, sugeriu.

     Em sua fala Conceição Formiga foi aparteada pelas vereadoras Caria de Fátima Avelino e Caetana Frazão, as quais elogiaram a atitude da secretária. Para a vereadora Fátima Avelino, a secretária Conceição Formiga é um exemplo de perseverança, no que diz respeito à instalação dessa casa da memória.

 Também usaram da palavra os vereadores  Antonio José, que agradeceu da lembrança de sua genitora, bem como, os vereadores, professores e historiadores Carlos Hermes e Adonilson Lima, os quais sugeriram que a idealizadora do museu também envolvesse o Departamento de História da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA.

Conceição Formiga agradeceu o apoio dos vereadores, ressaltando que sua ideia nasceu quando ela lançou um livro de memória de cem mulheres, as quais, segundo ela, ajudaram a construir a cidade de Imperatriz. “Portanto, vamos em frente construir também nossa história, para não ficarmos no esquecimento”, concluiu a secretária.


Comente com o Facebook: