Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Montes Altos: Aldefran Barbosa refuta acusações em redes sociais

Vereador-presidente Aldefran Barbosa condena ataques feitos em redes sociais

Montes Altos – O presidente da Câmara Municipal de Montes Altos, Aldefran Barbosa Azevedo (PV) utilizou pela primeira vez a tribuna “Moisés Bandeira” desde que sofreu grave acidente de trânsito em 2009. Ele resolveu rechaçar comentários maldosos divulgados em redes sociais.

Ele declarou que mora há 16 anos em Montes Altos, elegeu-se vereador e chegou por duas vezes consecutivas à presidência do Poder Legislativo, resultado do trabalho dinâmico, sério e transparente realizado na Câmara Municipal. “Tenho ex-alunos médicos, advogados e engenheiros, resultado do nosso trabalho como professor desenvolvido em Imperatriz e Montes Altos”, disse.

Aldefran Barbosa repudiou comentários ofensivos publicados em redes sociais por Francisco Januário acusando-o de ter “se vendido para um grupo político”. Em outro trecho, Januário diz que “dinheiro muda a cabeça de alguns vereadores, daí como no apoio das alianças com alguns vereadores o Aldefran entrou ‘bolo’, sendo o primeiro”.

“Ele (Francisco Januário) está dizendo que peguei dinheiro com um pré-candidato a prefeito, fato que o mesmo terá que provar na justiça, pois antes de sermos políticos, somos ser humano, temos família, amigos e filhos”, desabafou.

O vereador-presidente condenou a utilização das redes sociais para denegrir a imagem de agentes políticos ou de qualquer cidadão de forma leviana e gratuita. Visivelmente emocionado, Aldefran lembrou que “sempre procurou ser honesto, respeitar o próximo e ser cauteloso no que fala e no que vai fazer”.

“Diante disso, não aceito que essa pessoa venha tentar atingir a minha credibilidade, meu caráter e minha honra com afirmações que a verdade não está presente”, finalizou ele, que garantiu que pretende ingressar com uma ação judicial, caso não seja feita uma retratação pública por meio das redes sociais.

Comente com o Facebook: