Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Rildo Amaral viabiliza votação da “lei do vale-transporte” em Imperatriz

Vereador Rildo Amaral comemora iniciativa que contempla 
servidores municipais e a população de Imperatriz


Imperatriz – A maioria dos vereadores elogiou a iniciativa do prefeito Sebastião Madeira que encaminhou ao legislativo Projeto de Lei [013/16] que concede vale-transporte gratuito aos servidores efetivos do município de Imperatriz.

Ao utilizar a tribuna, o vereador Rildo Amaral (SDD) que mantém postura de oposição ao prefeito Madeira, reconhece que os bons projetos precisam ser apreciado e votado, principalmente não sendo tratado como projeto eleitoreiro.

“Esse projeto estava engavetado desde junho nesta Casa de Leis, onde tomei conhecimento por meio dos sindicatos, fato que solicitei através de requerimento urgentíssimo a votação desse projeto que é de suma importância não apenas para os servidores públicos, mas para o povo de Imperatriz”, justifica.

Ele observa que o servidor público ao utilizar o sistema de transporte reduzirá o número de veículos [carros e motos] e de acidentes, além de contribuir para a melhoria da mobilidade urbana. “Existe previsão orçamentária para essa finalidade, fato que é considerado de suma importância”, disse.

Rildo Amaral elogiou a postura do legislativo que colocou em votação esse projeto de fundamental importância aos servidores municipais, bem como a toda população de Imperatriz.

OPINIÃO – O vereador Carlos Hermes (PCdoB) também ressaltou o gesto do legislativo que não procrastinou o projeto colocando-o em votação “não deixando para outro dia”.
“O servidor público que ganha um salário mínimo enfrenta dificuldades com a manutenção das condições básicas de sobrevivência, sobretudo que os têm família grande”, disse.
Ele reconheceu publicamente o gesto do prefeito Sebastião Madeira que encaminhou o projeto de lei que concede a gratuidade no transporte público aos servidores municipais.
“Esse projeto já estava há algum tempo na Casa, sem necessidade de colocá-lo para próxima semana. E parabéns ao legislativo pela decisão de colocar o projeto em votação”, frisou.



Comente com o Facebook: