Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

domingo, 4 de setembro de 2016

Empreendedores de Imperatriz desenvolvem aplicativo para mototáxi

        

Imperatriz - Promover mobilidade urbana e desenvolver uma aplicação que conecte de maneira ágil o usuário aos mototaxistas, foi o que levou os jovens empreendedores Thiago Silva Rodrigues e Rubens Ventura Alves, a desenvolverem o aplicativo UP Mototaxi, em Imperatriz.

O objetivo do aplicativo é facilitar a mobilidade na procura por transporte, especialmente nos locais de difícil acesso, eliminando os riscos que o usuário possa ter ao sair de casa, só que de maneira inovadora em termos de segurança, acrescentando agilidade no atendimento e melhores preços de corridas.

No lançamento oficial realizado recentemente, Thiago e Rubens apresentaram a plataforma aos mototaxistas, bem como as vantagens e benefícios. Na sequência os profissionais puderam tirar dúvidas e depois foi realizado um sorteio de diversos brindes.  

A ideia surgiu em setembro de 2015, quando Thiago e Rubens viram que o transporte em Imperatriz estava em crise, acreditaram e viram o momento propício para desenvolverem o projeto. Mas antes disso, o empreendedor Thiago Silva Rodrigues, havia feito a oficina de Empreendedorismo no Sebrae em Imperatriz.

“Eu não tinha o comportamento de empreendedor, após fazer a oficina de Empreendedorismo, comecei a trabalhar essas habilidades, naquele momento surgiu a ideia do aplicativo, e junto com Rubens, começamos a trabalhar nesse projeto. Entrevistamos mototaxis, passageiros, vimos a real necessidade de criar, juntamente com esse suporte que o Sebrae ia nos passando por meio das capacitações”, relatou Thiago.

STARTUP

Após fazerem a triagem, submeteram o projeto na Corrida das Start-up, dentro da 8ª Feira do Empreendedor do Sebrae Maranhão, em São Luis, realizada em novembro do ano passado. Até ali não imaginavam o potencial que teria o trabalho, até que de 109 projetos inscritos, ficaram entre os 15 selecionados para participar e obtiveram a 2ª colocação na Corrida. Como premiação, ganharam duas vagas no seminário avançado Empretec em Imperatriz. Era o que precisavam para desenvolverem as características de empreendedor de sucesso.

“O Empretec veio fechar com chave de ouro esse ciclo de capacitação para viabilidade do aplicativo. Na corrida das startup amadurecemos as ideias, recebemos dicas, orientações dos especialistas na manutenção das ferramentas trabalhadas. Com o Empretec, passamos a ter comportamentos diferentes, destaco especialmente na construção de metas, abordados no curso, rede de contatos networking, como fazer parcerias, tudo isso que nos foi passado, ajudou a conseguirmos ampliar as possibilidades do aplicativo. Sou muito grato ao Sebrae por esse apoio”, frisou Thiago.

Para o gerente da Unidade Regional do Sebrae em Imperatriz, Danilo Borges, a iniciativa da dupla de empreendedores é um exemplo do que pessoas com boas ideias de negócios, bem capacitadas e orientadas, podem fazer.  

“Os dois identificaram uma necessidade de mercado e criaram um produto para atender esta demanda. Porém, antes eles buscaram conosco a orientação, capacitação e o embasamento necessários para desenvolver um plano de negócios viável. Ambos participaram de cursos, estiveram na corrida de Startups da Feira do Empreendedor e estiveram em um Seminário Empretec”, contou Borges.  

“Após tudo isso, eles se sentiram seguros para lançar o produto no mercado, que acreditamos tem tudo para ser um grande sucesso, por atender uma demanda latente dos usuários de mototaxi”, comentou Unidade Regional do Sebrae em Imperatriz.

APLICATIVO

O localizador de serviços UP Mototaxi foi desenvolvido para usuários em geral. Inicialmente com os serviços em Imperatriz e Thiago e Rubens pretendem expandir para demais municípios, como um prestador de serviços. O credenciamento dos mototaxis na plataforma do aplicativo é gratuito. Os mototaxistas também dever está regularizados.  

Os clientes, usuários em geral e mototaxistas, utilizarão a internet, através de um dispositivo móvel (smarthphone), que usando GPS, irão localizar qual piloto livre está mais próximo e os respectivos pilotos, saberão onde os clientes estarão exatamente, facilitando assim a melhoria do trabalho, gastarão menos combustível e a correria rotineira de sair a procura dos clientes.

O empreendedor Rubens Ventura, destaca que o apoio do Sebrae, inicialmente por meio da Corrida das Startup na Feira do Empreendedor e depois com o Empretec, foi a motivação que contribuiu para tocarem a ideia para frente com êxito.

“As metodologias trabalhadas na Corrida das startup ajudaram a acelerar o projeto, na validação do modelo de negócio, quanto no relacionamento de pessoal e junto aos mototaxis. Ao participar do Empretec vi características empreendedoras que não conhecia e abriram os horizontes, informações que destaco principalmente a rede de contatos, persuasão e estabelecimento de metas, como as mais marcantes para o nosso negócio.


Comente com o Facebook: