Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Imperatriz sedia última reunião para alinhamento técnico do programa "Mais Produção"


Técnicos de campo participaram de encontros promovidos pelo Senar
em Imperatriz. (Foto: Divulgação/Senar)
Foi encerrada esta semana, em Imperatriz, uma série de encontros com técnicos de campo, organizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e  Governo do Estado por intermédio do Sistema Estadual de Produção e  Abastecimento (Sepab), responsáveis pelo desenvolvimento nas  diversas regiões maranhenses  do programa Mais Produção, que atenderá 1.550 propriedades rurais  com Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), a fim de alavancar a produção rural  nas  cadeias produtivas de carne e couro, hortifruticultura, arroz, aquicultura e leite.

O motivo das conferências iniciadas em Viana e Pedreiras, foi o alinhamento de informações referentes ao  programa que já se encontra em andamento  com o cadastramento das  médias e pequenas propriedades que serão assistidas dentro de um ano.

A equipe do Senar, coordenada pelo gerente de ATeG, Epitácio Rocha e do Sepab, pela secretária executiva, Rosany Aranha, ministraram palestras sobre as cadeias produtivas e  falaram da importância do programa para os produtores e sociedade em geral, além de responderam  a questionamentos acerca das cadeias do leite, ministradas por Fernando Trinta, de carne e couro (Leonilson Araújo), aquicultura (Ribamar Pereira) e couro (Ubiratan Pinto da Silva). Antes, porém, foi feita a apresentação do Sepab e do programa Mais Produção.

Propriedades

As regionais de Imperatriz e Açailândia  juntas, deverão  assistir  200 produtores de leite, 75 de hortifruticultura e  90 produtores de gado de corte. Já em Balsas,  25 aquicultores com atividade da piscicultura, receberão assistência  da equipe técnica. Em Açailândia 350 propriedades serão assistidas em carne e leite.

Comente com o Facebook: