Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Rio Tocantins agoniza e causa transtornos em Imperatriz

Transporte aquaviário está inviabilizado e danos ao meio ambiente já são registrado

Rio Tocantins sofre com graves problemas ambientes próximo a cidade de Imperatriz
            Imperatriz - É cada vez mais crítica e preocupante a situação do rio Tocantins, próximo à cidade de Imperatriz, no sudoeste do Maranhão, de acordo com alerta feito pela superintendência de Proteção e Defesa Civil. O transporte aquaviário está praticamente suspenso no eixo da bacia Tocantins-Araguaia devido ao surgimento de pedrais e barrancos de areia.

            O coordenador da Defesa Civil, Francisco das Chagas Silva, o Chico do Planalto, diz textualmente que o “rio Tocantins está agonizando e ficando apenas uma linha no seu meio, fato histórico, que tem causado prejuízos incalculáveis à comunidade ribeirinha e ao meio ambiente”.

            “O nível do rio chegou a 3,30 centímetros abaixo do normal, afastando de cinco a sete metros, com o surgimento de vários pedrais e bancos de areia jamais vistos que colocam em risco a navegação para diversas cidades dos estados do Tocantins e Pará”, lamenta ele, que solicitou providências emergenciais aos governos estadual e federal.

            Chico do Planalto entende que é preciso a união das forças municipais, estaduais (Tocantins e Maranhão) e do Governo Federal para tentar salvar o majestoso rio Tocantins, principalmente o lançamento de dejetos de esgotos in natura nos riachos e córregos que desembocam no rio Tocantins.

            Segundo ele, a situação é considerada gravíssima e precisa da intervenção dos governos para solucionar, em definitivo, o problema do esgotamento sanitário despejado no rio Tocantins. “Temos em média cinco canalizações de esgotos in natura jogados no rio Tocantins, bem como em riachos e córregos que atravessam a cidade de Imperatriz”, afirma.

            O superintendente da Defesa Civil também conclamou a população a colaborar na preservação do rio Tocantins, caso contrário todos serão prejudicados com a escassez de água. “Esse não é o momento para discursos ou falácias, mas uma tomada de ação que amenize a situação agonizante o qual passa o nosso rio Tocantins”, finalizou.


Comente com o Facebook: