Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Assis Ramos decidi abrir mão do salário de prefeito de Imperatriz

Ele também anunciou a extinção de cinco secretarias municipais e diz que iniciativa representará economia de mais de R$ 1 milhão de reais
Prefeito eleito Assis Ramos: salários abaixo da inflação e extinção de secretarias municipais

Imperatriz – O prefeito eleito Assis Ramos (PMDB) decidiu nesta segunda-feira (21) abrir mão do salário de prefeito, proposto para R$ 23 mil [2017-2020], reposição abaixo da inflação para o primeiro escalão de governo da Prefeitura de Imperatriz. Assis é delegado da Polícia Civil do Estado do Maranhão.

Ele observa que o reajuste está previsto na Constituição Federal e na Lei Orgânica do Município, que condicionam, respectivamente, os vencimentos dos agentes públicos. Há quatro anos os salários não têm reajuste.

“Nós ponderamos que a recomposição salarial ficasse abaixo do índice da inflação por causa da economia brasileira que se encontra fragilizada”, explicou ele, que também propôs a redução da quantidade de secretarias municipais de 21 para 16.

Ao extinguir cinco secretarias municipais, Assis Ramos estima uma economia de mais de R$ 1 milhão aos cofres da Prefeitura de Imperatriz. Ele também entende que “o que causa o mal para país não é o salário dos políticos, mas a corrupção que acontece em vários níveis: legislativo e executivo”.

Assis Ramos esclarece que resolveu optar pelo salário de delegado da Polícia Civil do Maranhão, vencimento que ultrapassa os R$ 22 mil, sendo que, atualmente o salário de prefeito é de R$ 18 mil.

“Meu objetivo não é salarial, mas fazer o melhor pelo nosso município, proposta que apresentei quando resolvi sair candidato a prefeito de Imperatriz”, esclareceu ele, que ressaltou o interesse de trabalhar assiduamente para melhorar de maneira significativa a qualidade de vida da população da segunda maior cidade do Maranhão. 


Comente com o Facebook: