Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

“Exame de toque retal eleva expectativa de vida do homem”, informa radiologista


Nesse processo é possível identificar precocemente o câncer de próstata e, assim, elevar as chances de cura

O exame de toque retal é a forma mais prática de se identificar alguma anomalia na próstata. Nesse processo, o médico introduz um dedo com luva lubrificada no reto e massageia a superfície do órgão, identificando assim a incidência do câncer. “Por esse motivo o exame de toque retal eleva a expectativa de vida do homem”, informa o radiologista Diogo Dias, em palestra para funcionários da empresa Vale, em Açailândia.

A palestra ocorreu na manhã desta quarta-feira, 23, promovida pelo Centro de Tratamento de Câncer (Oncoradium) e o Instituto Amar Mais. O médico Diogo Dias, que atende na Oncoradium, continua a explicação: “Quanto mais cedo o homem fazer o exame e quanto mais cedo identificar a doença e iniciar o tratamento, maiores são as chances de cura e, assim, também será maior a expectativa de vida do paciente”.

O exame de toque retal é indicado para todos os homens a partir dos 40 anos de idade, principalmente àqueles que têm histórico de câncer na família. A palestra fez parte da programação da Campanha Novembro Azul em Imperatriz.

Novembro Azul – Trata-se de uma campanha mundial de conscientização contra o câncer de próstata que já matou um pouco mais de 13 mil homens só no Brasil (dados de 2013). A estimativa do Instituto Nacional do Câncer – INCA, é que surjam cerca de 60 mil novos casos desse tipo de câncer entre os homens brasileiros só em 2016.


Comente com o Facebook: