Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Sobe nível do rio Tocantins em Imperatriz



A elevação do nível do rio encobriu os bancos de areia e acabou com algumas praias que surgiram ao longo do rio nos estados do Maranhão e do Tocantins

Imperatriz - A superintendência de Proteção e Defesa Civil, que diariamente realiza o monitoramento do nível do rio Tocantins, constatou nesta terça-feira (22) a elevação do volume de água que atualmente se encontra com 0.28 centímetros abaixo de zero. No sábado (19) o nível do rio estava com 2 metros e 20 centímetros abaixo do normal em Imperatriz. 

O coordenador Francisco das Chagas Silva, o Chico do Planalto, prevê nestas 72 horas a normalização do nível do rio Tocantins, resultado das chuvas que caem com frequência na cabeceira do rio nos estados do Goiás, Tocantins e do Maranhão. 

Ele também alerta que, caso o rio chegue acima de um metro em dezembro, será necessário iniciar os preparativos e avisar as famílias ribeirinhas para possível transferência alagamento da área.

“Nós não podemos afirmar que haverá enchente, pois o rio ainda está saindo de uma situação de seca, porém anualmente é verificado esse aumento do volume de água devido ao intenso período chuvoso na cabeceira do Tocantins”, relata ele, que sistematicamente acompanha o monitoramento do nível do rio Tocantins. 

Também observa que a intensa chuva que cai na altura da hidrelétrica de Serra da Mesa, o quinto maior lago do Brasil, localizado no Noroeste de Goiás, não terá influência nestes sessenta dias na bacia do rio Tocantins. Ele diz que essa água será aproveitada para melhoramento dos níveis dos lagos das hidrelétricas.

Chico do Planalto diz ainda que os níveis dos lagos das hidrelétricas estão abaixo do normal, sendo necessário o aproveitamento das águas das chuvas para produção de energia elétrica. “Esse nível está abaixo de 30% nos lagos das hidrelétricas”, completa.

Praias – A elevação do nível do rio Tocantins encobriu os bancos de areia e acabou com algumas praias situadas que surgiram ao longo do rio nos estados do Maranhão e do Tocantins. “Tinham muitas pessoas frequentando esses locais, mas acreditamos que o nível do rio continuará subindo nestas próximas semanas”, finalizou.


Comente com o Facebook: