Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Centenas de jovens participaram de cursos de qualificação profissional em Imperatriz


O secretário Kleyton Nascimento comemora os resultados positivos
e destaca os programas “Estação Juventude” e Nufac

Palestras nas escolas, cursos de qualificação profissional, realizações de atividades recreativas e esportivas e implementação de programas sociais foram algumas das principais ações desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Juventude e Trabalho (Sejut). A informação foi prestada à reportagem pelo secretário Kleyton Nascimento Silva.
Segundo ele, os alunos da Escola Municipal Tiradentes [8 a 16 anos] participaram da palestra com o tema “Direitos e Deveres da Criança e do Adolescentes”, ministrada pelo palestrante Phyllyppy Dyno.
A palestra atendeu a necessidade de trabalhar o tema com as crianças e adolescentes, para que saibam desde cedo que cidadania, direitos e deveres são essenciais na vida de cada um, além de boa convivência e vivência.
Kleyton Nascimento explica que a palestra serviu ainda para que, de forma individualizada, cada cidadão saiba que “ele é parte fundamental de todo o processo, que não é preciso esperar para que outro tome uma atitude, que cada ação sua reverte no bem-estar do outro, visando igualdade de condições”.
Também considera de fundamental importância que os alunos aprendam a “ler, conhecer e discutir o que é cidadania, o que são deveres e direitos e quais atitudes ou ações que cabe a cada aluno e cidadão, fatos imprescindíveis para tornar a vida de cada um melhor”.
Profissionalização – Outra palestra ministrada aos alunos da Escola Municipal Tiradentes, dirigida aos jovens a partir dos 14 anos, foi “O Direito a educação e profissionalização com enfoque na educação de jovens e adultos”.
O secretário enfatizou “a necessidade de conscientização dos jovens e adultos para a realização de qualificação profissional para o ingresso no mercado de trabalho”. “Tivemos a preocupação de motivar os educandos como o ato de estudar, observando a dificuldade de ensino-aprendizagem na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA)”, acrescenta.
Kleyton Nascimento reforça que “a palestra teve como finalidade adequar o jovem e o adulto para as exigências do mercado de trabalho que prima por ser competitivo, dominado pela tecnologia e pelas constantes inovações da era da globalização”.
Sejut celebrou parceria com o Sest-Senat
Em parceria com o Sest-Senat, a Secretaria de Juventude e Trabalho (Sejut) promoveu diversas competições esportivas e de recreação contemplando dezenas de crianças e adolescentes dos bairros da grande Imperatriz.
Além disso, o acordo de cooperação ofereceu assistência médica odontológica, de lazer e entretenimento às crianças e adolescentes de Imperatriz, sendo oferecido procedimentos exodontia simples, a retalho, de raiz e dentes decíduos; drenagem de abcesso e restauração temporária, remoção de inclusos, profilaxia, selante, retratamento molar e muitos outros.
“Esse atendimento de consultas e procedimentos foi realizado por meio de pagamento de taxa simbólica, pois o grande objetivo foi o alcance social dos beneficiários do projeto viabilizado junto ao Sest-Senat de Imperatriz”, disse ele, ao citar que foi disponibilizado um ônibus para o transporte das atividades esportivas e recreativas que foram promovidas durante o período de veraneio no espaço físico do Sest-Senat.
Também participaram do projeto alunos das escolas municipais e das igrejas evangélicas e católicas mediante oficio encaminhado à Secretaria Municipal de Juventude e Trabalho, localizada na rua Rui Barbosa, no Centro, anexo ao estádio municipal Frei Epifânio.
 Nufac contemplou dezenas de jovens de Imperatriz
O projeto Nufac (Núcleo de Formação de Cultura Afro-brasileira) desenvolvido pela Prefeitura de Imperatriz em parceria com o Ministério da Cultura e a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) beneficiou dezenas de jovens em Imperatriz.
Kleyton Nascimento assinala que os jovens inscritos receberam qualificação profissional na área da cultura, inclusive com bolsa-auxílio. O  curso teve duração de dez meses e, posteriormente, jovens foram encaminhados ao mercado de trabalho.
Os jovens foram qualificados nas áreas de web designer, assistente de produtor visual e de produção de vídeo, onde os certificados foram emitidos pelo grupo de pesquisa cultura, direito e sociedade, na modalidade de extensão.
O programa Nufac ofertou 200 vagas para jovens negros de baixa renda na faixa etária de 15 a 29 anos. Os alunos, durante o período em que realizaram os cursos de qualificação, receberam uma bolsa-auxílio.
“Estação Juventude” qualificou jovens dos bairros
Promover políticas públicas de inclusão social de jovens com idades entre 15 a 29 anos. Esse foi um dos principais objetivos do programa denominado “Estação Juventude” realizado pela Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria da Juventude e Trabalho (Sejut).
O programa contemplou mais de 250 jovens que foram atendidos com ações que incluíram palestras de motivação profissional, oficinas de dança, fantoche e malabarismo.
A coordenadora do programa Prissila Bandeira ressaltou a importância do “Estação Juventude” que serviu de instrumento para capacitar e disponibilizar informações, orientações e atividades para jovens de Imperatriz. “Esses serviços garantiram os direitos dos jovens de nossa cidade e também contribuíram para a inclusão, autonomia e participação social desses jovens”, disse.
O “Estação Juventude” funcionou no prédio da Sejut, situado em frente à Praça Mané Garrincha, no Centro. O espaço contou com profissionais capacitados para atender os jovens, inclusive computadores e banco de dados disponível para os jovens que buscaram informações sobre políticas públicas e programas voltados para os jovens.
Os inseridos no programa participaram de oficinas de formação da cultura da juventude e o enfrentamento das vulnerabilidades, perfil do jovem e a inserção no mercado de trabalho; a realidade social e o perfil do jovem como agente transformador e a capacitação para o mercado de trabalho.
Kleyton Nascimento avaliou como positivo a inserção dos programas sociais direcionados exclusivamente aos jovens, principalmente nas áreas da qualificação profissional e inclusão no mercado de trabalho em Imperatriz.

Comente com o Facebook: