Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Oncologistas alertam população para os cuidados com o câncer de colo de útero


Esse é o segundo tipo de câncer mais incidente no Maranhão. A melhor forma de preveni-lo é fazendo o exame Papanicolau ao menos uma vez no ano



O câncer de colo de útero, conhecido também como câncer cervical, é o terceiro tumor mais frequente nas mulheres. Só em 2016, o Instituto Nacional do Câncer – Inca, estimou o surgimento de cerca de 16 mil novos casos só o Brasil. Devido a esse número alarmante, os médicos oncologistas do Centro de Tratamento de Câncer – Oncoradium chamam atenção da população para os fatores de risco e prevenção.

De acordo com o oncologista Jorge Lyra, o câncer cervical é o segundo mais incidente no estado do Maranhão e está diretamente relacionado ao vírus HPV. “O câncer de colo de útero tem uma vantagem: geralmente, antes de virar câncer, ele surge como pequenas alterações chamadas neoplasias, que podem ser identificadas com o exame Papanicolau”, diz em vídeo no seu canal no YouTube.

O oncologista explica ainda que “O Papanicolau é um exame muito simples e indolor. Utiliza-se uma espátula e uma espécie de ‘escovinha’ para colher o material do colo uterino (ectocervice), e o material da camada mais interna (endocervice). Aí, pronto, o exame foi concluído. A partir de então o material coletado é enviado para um laboratório para ser feito a análise”.

O exame deve ser realizado pelo menos uma vez por ano e não existe a necessidade de se depilar, fazer ducha vaginal ou qualquer outro tipo de preparação. É necessário apenas não ter relação sexual entre 48h e 72h antes do exame, pois isso pode alterar o resultado. Grávidas podem e devem fazer o exame, caso não esteja com ele em dia.

O exame preventivo de Papanicolau é realizado no Centro de Tratamento de Câncer – Oncoradium. As pessoas interessadas devem procurar a clínica e conversar com um médico para mais informações a respeito do exame e prevenção.


Comente com o Facebook: