Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Região do Mapito recebe terceira Rota Tecnológica da Aminoagro

Objetivo é apresentar resultados de tecnologias da empresa para melhoria do solo que aumentam produtividade das culturas de soja e milho

A Aminoagro, uma das maiores empresas de nutrição de plantas do Brasil, realizará dias 26, 27 e 28 de janeiro sua 3ª Rota Tecnológica em Mapito, região formada por 73 milhões de hectares distribuídos pelos estados do Maranhão, Piauí e Tocantins, que produziu 9,4% das 209,5 milhões de toneladas de grãos na safra 2014/2015. O Volume faz da região a grande fronteira agrícola nacional na atualidade. 
Durante o evento, uma equipe com mais de 100 profissionais do agronegócio, entre produtores, revendedores, técnicos e agrônomos, visitarão propriedades produtoras de soja e milho da região apresentando os resultados obtidos com as tecnologias criadas pela Aminoagro por meio do Programa Construindo Plantas (PCP), desenvolvido para aumentar a eficiência de cada planta em todas as etapas do cultivo. 

“A Aminoagro sabe que para se ter uma produtividade consistente e em constante melhoria é necessário um solo vivo, com equilíbrio físico, químico e biológico, não apenas na superfície, mas também em profundidade”, diz o Alyson Pereira, Gerente de Desenvolvimento da Aminoagro. "É isso que levamos aos produtores rurais por meio do programa construindo plantas e seus produtos: um solo melhor, safra após safra, capaz de colaborar para produtividade crescente", completa.
No primeiro dia, a rota tecnológica passará por áreas e propriedades rurais próxima da cidade de Campos Lindos, em Tocantins, onde serão apresentados os resultados de trabalhos de revitalização de solo. No segundo dia, em Balsas, no Maranhão, serão mostrados resultados do uso do PCP na cultura de soja e uma palestra com o professor doutor de solos, titular da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Telmo Amado, tratando da questão da qualidade das sementes. 
No terceiro e último dia da rota tecnológica as visitas serão em fazendas instaladas em Uruçui e em Bom Jesus, ambos em Piauí. Lá se mostrará os resultados do PCP nas culturas de soja e milho. 

           Sobre a Aminoagro
Junto com Dimicron e Maximus, a Aminoagro forma a Fertiláqua - uma das três maiores empresas de nutrição de plantas do Brasil. Controlada pela Aqua Capital, fundo de private equity com foco em agronegócios e alimentos, a Fertiláqua atua em todo o território nacional por meio de uma rede de mais de 300 funcionários, dos quais 100 são agrônomos especializados. Com sede em Indaiatuba (SP) e fábricas em Cidade Ocidental (GO), Cruz Alta (RS) e Cuiabá (MT), a empresa investe sistematicamente em pesquisa e inovação e na ampliação do alcance do Programa Construindo Plantas (PCP), um conjunto de produtos e serviços com objetivo de aumentar a eficiência de cada planta em todas as fases de seu crescimento.


Comente com o Facebook: