Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Diretoria do STEFEM debate com VLI acompanhamento do ACT


O encontro ocorreu nas dependências da VLI em Imperatriz

            No final do mês de abril, diretores do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias do Maranhão, Pará e Tocantins – STEFEM estiveram reunidos com representantes da operação e manutenção da VLI, bem como, com representantes do RH da corporação e da gerência responsável por saúde e segurança, nas dependências da empresa, em Imperatriz.
            De acordo com o diretor de Comunicação e Formação Sindical, Novarck Oliveira, o sindicato acha imprudente e perigoso, sendo contra as rondas individuais ao longo da Ferrovia Norte Sul, com apenas um equipamento de localização, “sem a garantia de comunicação integral, principalmente através da voz, deixando exposto às intempéries localizadas ao trabalhador”.
            O sindicalista lembrou que num passado próximo houve um acidente fatal com um trabalhador causado por uma descarga atmosférica que se encontrava sozinho no local. “O acordado é que os trabalhadores que operam os trens deveriam ter uma escala mensal, com alterações da mesma, em número limitado pelo acordo, e que para que pudessem ser alteradas, deveriam ter uma antecedência no aviso, para aquele que teria alterada a sua jornada”.
Ainda de acordo com Novarck Oliveira, “na FNS, esse item de acordo, nos dias atuais só serve para gastar papel, pois a escala se tornou diária, o que é um crime para os trabalhadores, pois suas folgas e descansos, não poderão ser planejados, pois dias e horários que estarão em casa, são impossíveis de se acertar”.


Comente com o Facebook: