Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

quarta-feira, 24 de maio de 2017

ESPORTE - Jô exalta disputa com "centroavante" Rodriguinho


O atacante Jô abriu a disputa do Campeonato Brasileiro com dois gols em duas partidas e deixou no ar a possibilidade de brigar pela artilharia da competição, láurea que nem um atleta do clube conseguiu em toda a história do torneio. Evitando tratar muito sobre o assunto, ele admitiu, porém, que ser o goleador máximo do Nacional é algo que o motiva.

"Falar de artilharia fica meio chato, complicado, mas eu procuro fazer o meu trabalho. Vai colocando um objetivo pessoal. Será uma honra ser artilheiro do Brasileiro", disse o camisa 7 corintiano, que elegeu alguns concorrentes diretos pela marca.

"Claro que tem uns artilheiros natos também jogando a competição, como o Fred, o Luis Fabiano, mas eu, com humildade, tranquilinho, procuro buscar essa artilharia", afirmou o atleta, que conseguiu um feito para poucos nas rodadas iniciais: balançou a rede duas vezes com apenas três chutes a gol.

"Quanto mais chances tiver, a possibilidade de fazer gol é maior. Pretendo ajudar a equipe de qualquer maneira. Um time quando cria mais, você vai jogar melhor. Prefiro ter poucas chances, mas ser efetivo e fazer os gols", avaliou o atleta.

Além da briga para o topo da artilharia geral no Brasileiro, porém, o atacante enfrenta uma "disputa" interna com o meia Rodriguinho, atualmente um gol atrás do centroavante em número de tentos na temporada (9 a 8). A produção ofensiva do armador é tamanha que Jô elegeu até uma nova posição para o companheiro dentro do campo.


Comente com o Facebook: