Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Prefeitura de Imperatriz prepara ação nos bairros e posse de 500 concursados



            O prefeito Assis Ramos reúne, hoje, 10, no começo da tarde, secretários e chefes de assessoria, para elaborar o calendário do Programa A Gente Faz Cidadania e para planejar a posse de quase 500 novos servidores concursados, resultado de um acordo com o Ministério Público e com o objetivo de suprir vagas em setores como os da Educação e da Saúde. O encontro vai ser no próprio gabinete do prefeito, de onde mais tarde ele sairá para prestigiar solenidades de formação de dois novos conselhos municipais, o dos Direitos da Mulher e o da Cultura.

            O Programa A Gente Faz Cidadania vai ser uma espécie de mutirão que vai congregar todas as pastas do governo municipal, outros órgão públicos e empresas privadas. Provavelmente acontecerá um por mês, num bairro ou num povoado: durante a semana que antecede o evento, as secretárias da Infraestrutura, da Agricultura, de Saúde e do Desenvolvimento Social se instalam na comunidade, fazem serviços de recuperação de ruas, praças, iluminação e prédios públicos; implantam novos serviços e cadastram beneficiários de várias ações que vão funcionar ali.

        
   No dia do evento, um sábado, uma grande estrutura que contará com dependências de prédios públicos, compartimentos de residências emprestados pelas comunidades, tendas, etc, oferecerá dezenas de serviços, que vão da Saúde às sessões de tratamentos de beleza, passando pela emissão de documentos e consultas com advogados sobre qualquer tipo de pendência jurídica do cidadão. Paralelamente, uma estrutura de palco som e luz funcionará desde a noite anterior, tocado pela Fundação Cultural do Município, com show e espetáculos de teatro.

POSSE DOS CONCURSADOS - Outro tema da reunião de hoje vai ser a posse dos concursados que esperam ha anos para serem chamados pela Prefeitura. Eles são da metade do segundo mandato do ex-prefeito e reclamavam na Justiça por seus direitos. Um acordo recente firmado pelo prefeito Assis Ramos com o Ministério Público acabou com a questão: cerca de 470 concursados vão ser empossados, numa grande solenidade. A Prefeitura vai poder livrar-se do incômodo de ter que preencher cargos com funcionários temporários e ainda ganhou o direito de aplicar em obras municipais valores de multas que já totalizavam mais de 5 milhões de reais.


Comente com o Facebook: