Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Fundação Cultural de Imperatriz debate regularização de apoio à Assarti

Diretores da ASSARTI reunidos com o Procurador-Geral do Município, Rodrigo do Carmo 

            O presidente da Fundação Cultural de Imperatriz – FCI, José Carneiro dos Santos, o Buzuca, recebeu na manhã desta quinta-feira (3) diretores da Associação Artística de Imperatriz – ASSARTI, para tratar da regularização do apoio da FCI ao Teatro Ferreira Gullar.
            Buzuca ficou de se encontrar no final da tarde com o procurador-geral do Município, Rodrigo do Carmo Costa, o qual recebeu a solicitação do prefeito Assis Ramos para encontrar uma medida jurídica que regularize esse aporte financeiro ao teatro.
            Diretores da ASSARTI já estiveram reunidos com o procurador-geral do Município, Rodrigo do Carmo Costa, visando tratar da regularização do apoio que a Prefeitura vem prestando ao longo dos anos para o Teatro Ferreira Gullar.
             De acordo com o procurador, o gestor imperatrizense acenou por uma solução o mais breve possível. Buzuca garantiu que também espera que o problema seja resolvido o mais urgente possível, “para que a Fundação possa contribuir com a classe artística”, afirmou.
            A necessidade de regularizar se dá porque, ao contrário que muitas o Teatro Ferreira Gullar não é da municipalidade, mas de propriedade da Associação Artística de Imperatriz – ASSARTI. E dirigido pelos diretores da entidade.
            Ao procurador a diretoria entregou toda documentação, o registro do imóvel, em nome da entidade, cuja diretoria sempre procurou manter o teatro em plena legalidade. De acordo com Rodrigo do Carmo, o apoio financeiro que a prefeitura repassava para o teatro era de maneira irregular.
            “Por essa razão, o prefeito Assis Ramos cobrou da Procuradoria um caminho, uma solução, pois ele quer tudo de sua administração, dentro da legalidade”, afirmou Rodrigo do Carmo, prometendo aos diretores da ASSARTI todo empenho para regularizar essa situação em tempo mais breve possível. [Domingos Cezar]

Comente com o Facebook: