Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Academia Imperatrizense de Letras recebe escola e entidade social

             
            Domingos Cezar

            A Academia Imperatrizense de Letras – AIL cumpriu, mais uma vez, com seu papel social e cultural, quando recebeu na tarde da última quinta-feira (21), coordenadora, professoras e alunos do Colégio Delta, e também representantes da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado – APAC.

            Sob a liderança da professora Irma Leal de Carvalho, coordenadora do Colégio Delta, alunos e professores visitaram o prédio da Academia Imperatrizense de Letras, notadamente a biblioteca. Conheceram os demais setores como a Sala Edelvira Marques e o auditório Vito Milesi, onde pousaram fotos com os acadêmicos.
            Eles vieram convidar o acadêmico Domingos Cezar Ribeiro, para ministrar palestra do Colégio Delta, sobre o rio Tocantins. Alunos e professores conheceram quatro das doze obras do escritor e ambientalista, que tratam de suas expedições pelos rios Tocantins, Araguaia e Itacaiunas.
            As representantes da APAC, Safira Machado Cardoso e Suzete Cardoso Gomes, solicitaram dos acadêmicos livros de suas autorias, para serem trabalhados com os apenados. O presidente Trajano Neto designou a acadêmica Liratelma Cerqueira a arrecadar os livros junto aos confrades, os quais serão doados para a entidade.
            Parceria FCI - Na reunião, o secretário Domingos Cezar Ribeiro relatou para os confrades, o retorno do projeto, agora denominado Caravana Arte e Cidadania nas Escolas, realizada pela Fundação Cultural de Imperatriz – FCI, em parceria com a SEMED, Vara da Infância, CEMAR e Academia Imperatrizense de Letras.
            Por sua vez, o presidente Raimundo Trajano Neto informou que esteve na manhã daquela quinta-feira (21), em Audiência com o presidente da FCI, José Carneiro dos Santos, o Buzuca, e este manifestou interesse de manter parceria com a AIL. “Ele nos garantiu, também, eu aumentar o valor do Prêmio AIL, no próximo ano”.
            O Prêmio AIL foi criado por Lei Municipal, em 1995, na gestão do então interventor Ildon Marques, no valor de R$ 5 mil. Durante esses 22 anos, nenhum dos prefeitos que passou pela prefeitura aumentou o valor do prêmio. “Buzuca nos garantiu que vai solicitar do prefeito Assis Ramos, que valorize mais esse prêmio literário", concluiu Trajano Neto.


Comente com o Facebook: