Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Diretor da ACII defende fortalecimento do comércio de Imperatriz

Raimundo Primeiro

Manoel Marcone Marques, diretor para Assuntos do Calçadão da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz, defende organização dos comerciantes informais


A Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII) esteve representada na Audiência Pública que discutiu a retirada dos feirantes das vias e praças públicas da cidade, por meio do empresário Manoel Marcone Marques, diretor da instituição e presidente da Associação dos Lojistas do Calçadão (ALC).

A audiência pública aconteceu na manhã dessa quarta-feira (11) por iniciativa do vereador Ricardo Seidel (Rede), com a presença de comerciantes informais e de lideranças das diversas entidades representantes do segmento. Eles lotaram o Plenário Léo Franklin do Palácio Dorgival Pinheiro de Sousa, ouvindo os assuntos tratados pelos vereadores e representantes do Governo Municipal, sobre a questão.

Os trabalhos foram coordenados pelo vereador Alberto Sousa (PDT), presidente da Comissão de Planejamento, Uso, Ocupação, Parcelamento do Solo e Meio Ambiente da Câmara Municipal. O secretário de Planejamento Urbano, Fidélis Rodrigues da Silva Uchoa, compareceu e falou sobre dois projetos – um alternativo, no valor de R2 milhões, a ser executado por meio de parceria público-privada, e outro, orçado em R$ 8 milhões, a ser executado pela Prefeitura Municipal.

Marcone Marques informou que a ACII está à disposição das autoridades e dos comerciantes para discussão de forma coletiva sobre a necessidade da construção de espaço que possa abrigar condignamente os futuros empresários de Imperatriz, entre os quais, um shopping popular (Camelódromo), por exemplo.

A propósito, Marcone Marques lembrou que 90% dos empresários brasileiros iniciaram suas atividades comercializando informalmente, alguns na condição de camelôs, vendendo de porta em porta. Hoje, entretanto, são fortes empreendedores, contribuindo significativamente com o processo de desenvolvimento do Brasil, nas diversas regiões do País.

Uma das missões da ACII, segundo ele, é trabalhar na conscientização, por meio de palestras e treinamentos, de comerciantes informais, visando que eles regularizem seus negócios e sejam transformados em verdadeiros empreendedores, gerando empregos e renda, fortalecendo o comércio formal de Imperatriz, a segunda mais importante cidade do Estado. “Isso que estamos fazendo em prol dessa gigantesca cidade, auxiliando e buscando o surgimento de novos e grandes empresários”, reforçou.

Ao falar sobre a gestão municipal, Marcone Marques destacou que o prefeito Francisco de Assis Andrade Ramos (PMDB) tem demonstrado preocupação em trabalhar na resolução dos problemas reclamados pela população. “Em oito meses, ele [o prefeito] tem se preocupado com o desenvolvimento da nossa cidade, que permanece promissora, em franco crescimento”, ponderou.
Por outro lado, Marcone Marques fez questão de frisar não ser tarefa fácil administrar um município do porte de Imperatriz, a segunda cidade em desenvolvimento mais avançado do Estado. 

O líder empresarial lembrou, por exemplo, dos números divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na segunda-feira, 4, ratificando que Imperatriz permanece sendo o segundo mais populoso município do Maranhão, com 259.569 habitantes. “Não é fácil, sabemos, mas o prefeito Assis Ramos faz o que pode, dando o melhor de si, almejando uma cidade cada vez mais crescente”.



Comente com o Facebook: