Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Período de veraneio vai até 1º de outubro

          Barraqueiros e banhistas comemoraram a decisão do gestor imperatrizense

         A decisão do prefeito Assis Ramos em estender o período do veraneio até o dia 1º de outubro agradou em cheio tanto aos barraqueiros, que aumentam suas perspectivas de venda, quanto às pessoas que nos finais de semana se divertem nas praias do Meio e do Cacau.

         Desta forma, toda estrutura instalada nas praias vai permanecer até o encerramento do veraneio, bem como todo o aparato de segurança, a exemplo dos salva vidas. Os banhistas contarão ainda com a proteção de homens do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, da Marinha do Brasil e equipe do SAMU.
         O vendedor ambulante José Gomes da Silva 34, demonstrou muita alegria ao vender seus produtos alimentícios na Praia do Cacau. “Agora teremos mais dois finais de semana para faturar um pouco mais, o que é muito bom diante dessa crise”, disse Silva, aproveitando a oportunidade para agradecer ao prefeito.
         Sentada comodamente em uma das mesas de uma das barracas da Praia do Cacau, a estudante Maria Helena da Costa, 23, se divertia com os amigos e comemorou o adiamento do veraneio. “Domingo é dia de praia, de diversão com os amigos, portanto esse adiamento veio em tempo, para que possamos vir à praia e se sentir segura”.
         Do mesmo modo, se expressou a colega de diversão, Teresa Sousa Mendes, 26. Para ela que garante não saber nadar, a presença dos salva vidas é de fundamental importância para todos os banhistas. “Com eles me arrisco a entrar mais fundo na área demarcada”, afirma, ressaltando que não mais virá à praia após o encerramento.
         A Praia do Meio também esteve movimentada no último domingo, quando alguns se utilizavam dos barcos para a travessia, enquanto os mais afoitos atravessam a nado, ou mesmo caminhando, devido a pouca profundidade existente entre o cais do porto e o balneário.
         Em mesa de uma das barracas um grupo de amigos se divertia, entre eles, o estudante Carlos Augusto Sousa, 22, o qual também se reportou sobre o adiamento do veraneio. “A decisão do prefeito Assis Ramos é digna de elogio de todos nós, banhistas, barraqueiros e barqueiros que terão mais tempo para trabalhar”, afirmou. (Domingos Cezar) 

         

Comente com o Facebook: