Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

domingo, 19 de novembro de 2017

Hoje é o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito




O “Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito” mobilizou neste domingo, 19, na Avenida Litorânea, centenas de pessoas para uma reflexão sobre o movimento que atua em prol das vítimas de acidentes de trânsito. Em São Luís, o evento que é promovido pela S.O.S Vida Pela Paz no Trânsito, tem a colaboração de várias entidades públicas e privadas e o apoio do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA). 

O dia de reflexão para combater a morte no trânsito foi criado em 1993, no Reino Unido, pela organização britânica Road Peace, e aprovado em 2005, pela Organização das Nações Unidas (ONU), que determinou o terceiro domingo do mês de novembro como data oficial para realização de ações de conscientização referentes ao tema. No Maranhão, a cerimônia acontece desde 2011. 

O diretor operacional do Detran-MA, David Ximenes, reconhece a importância do movimento para a sociedade e instituições ligadas ao trânsito. Segundo ele, as estatísticas comprovam que, nos últimos anos, o governo vem fazendo muitos investimentos para preservar a vida e diminuir os índices de acidentes no Maranhão. 

“O Detran-MA tem um papel fundamental neste trabalho e se destaca nas ações de educação para o trânsito e nas fiscalizações junto às autoescolas, para que os condutores saiam para ruas habilitados e conhecendo as leis. Acreditamos que este é um caminho que trará bons resultados”, afirmou. 

O coordenador da ONG SOS Vida, Lourival Sousa, responsável pela criação do movimento no Estado, afirma que, muitas pessoas que participam do evento viveram a triste experiência de uma tragédia no trânsito. “Muitas delas não conseguem esquecer a dor da perda, de um familiar ou amigo, para o trânsito. Estamos aqui para que haja reconhecimento por parte das autoridades ligadas ao trânsito e toda a sociedade”, admitiu. 

A advogada Maria Aparecida Santana disse que perdeu um grande amigo, que era motociclista, em um acidente de trânsito. “É muito triste reconhecer que no trânsito existem tragédias. Mas, estamos aqui para lembrar que podemos fazer diferente e respeitar a nossa vida e a do próximo”, ressaltou.

Comente com o Facebook: