Vereador Pedro Gomes comemora recuperação da rua Euclides da Cunha

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Prefeitura melhora transporte coletivo e implanta o “integração temporal”

Usuários podem embargar em outras linhas, sem a necessidade de ir ao terminal da integração

O prefeito Assis Ramos, acompanhado do secretário de Trânsito, Leandro Braga, recebeu nessa terça-feira, 21, o diretor-presidente do grupo Rio Anil Transportes, Ratrans, Gilson Neto, concessionária responsável pelo serviço de transporte de passageiros em Imperatriz. Ele apresentou os testes do “integração temporal”, dispositivo que permitirá aos usuários de transporte coletivo a embargar em outro ônibus no perímetro urbano sem a necessidade de utilizar o terminal da integração na Praça Tiradentes, Centro.

“Todos os dados do ‘integração temporal’ foram analisados e aprovados pelo prefeito e o secretário de Trânsito que deverão disciplinar o projeto através de decreto a ser publicado brevemente”, contou Gilson Neto.

Ele explicou que, até o final do mês de outubro, o usuário de transporte coletivo para pegar um segundo ônibus precisava ir obrigatoriamente ao terminal da integração, na Rua Coriolano Milhomem, descer, aguardar e, posteriormente, embargar na outra linha para chegar ao seu destino.

Agora, depois que a prefeitura implementou o “integração temporal”, o usuário que reside no Itamar Guará, na margem da BR-010, e pretende se deslocar até o Centro Novo, logo após a Lagoa Verde, não precisará ir ao terminal da integração de passageiros, devendo descer, por exemplo, em uma parada de ônibus ali próxima do shopping e, posteriormente, embargar na linha para o Centro Novo.

“Esse deslocamento não é feito em menos de três horas, mas com essa mudança o usuário ganhará tempo, chegando muito mais rápido ao seu destino”, disse ele, ao acrescentar que o dispositivo de “integração temporal” funciona apenas para os usuários que utilizam o sistema de cartão de vale-transporte, estudante, idoso e deficiente. “Quem paga em espécie não terá direito ao ‘integração temporal’, mas o usuário poderá efetuar, gratuitamente, um cartão no terminal da integração ou na empresa”, detalha.

O secretário de Trânsito, Leandro Braga, assinalou que a primeira medida será ampliar a divulgação do dispositivo “integração temporal” visando beneficiar os milhares de usuários do transporte coletivo em Imperatriz. “Eles (usuários) precisam entender como funciona esse novo sistema, ainda pouco utilizado pela população”, disse.

Ele ressaltou ainda que o prefeito Assis Ramos considerou louvável o projeto do “integração temporal” que agilizará o deslocamento dos usuários do transporte coletivo para os bairros de várias regiões da cidade. “Queremos incentivar às pessoas a solicitar gratuitamente o cartão de transporte para ter acesso a esse novo sistema de embargue e desembargue”, finalizou. 


Comente com o Facebook: